UNICA atualiza dados da safra de açúcar e etanol

     Porto Alegre, 14 de novembro de 2019 – Conforme novo relatório de acompanhamento de safra da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA), o volume de cana moída na safra 2019/20 até 01 de novembro aumentou 6,25% no Centro-Sul, na comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo 542,889 milhões de toneladas.

     Já a produção de açúcar cresceu 3,3%, totalizando 25,223 milhões de toneladas. A produção de etanol total aumentou 7,95%, atingindo 29,562 bilhões de litros, contra 27,385 bilhões de litros no mesmo período do ano passado. Já a produção de anidro avançou 6,56%, para 8,955 bilhões de litros, enquanto a de hidratado subiu 8,57%, para 20,607 bilhões de litros.

     A proporção de cana colhida direcionada para a produção de açúcar no acumulado da safra até 01 de novembro foi de 35,10%, ante 35,83% até o mesmo período de 2018/19.

    A região Centro-Sul processou 32,635 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na segunda metade de outubro, contra 24,979 milhões de toneladas registradas na mesma quinzena de 2018, elevação de 30,65%.

    Até 1º de novembro, 67 unidades do Centro-Sul haviam encerrado a safra, contra 52 usinas até a mesma data de 2018. Essas 67 empresas registraram retração média de 2,9% na moagem e representaram 20% do total processado pelas unidades do Centro-Sul no último ciclo (113 milhões de toneladas).

   Para a primeira quinzena de novembro, a expectativa é de que outras 57 unidades finalizem as atividades desse ciclo, ante apenas 34 verificadas em 2018.

     De acordo com o diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua de Rodrigues, “a expectativa é de que essa tendência de antecipação a moagem prevaleça nas próximas quinzenas. Esse cenário só deve mudar se as condições climáticas prejudicarem a operacionalização da colheita”.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA